Nos artigos anteriores, descrevemos a metodologia PEST (PESTEL) que analisa em mais profundidade o ambiente externo na qual as empresas se situam. Agora abordaremos as várias metodologias para analisarmos o ambiente interno da empresa, e inserindo ela no contexto externo.

Começaremos com a Análise SWOT (em Inglês) ou Análise FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças) uma metodologia  de planejamento estratégico, utilizada para auxiliar pessoas ou organizações a identificar forças, fraquezas, oportunidades, e ameaças relacionadas à competição em negócios ou planejamento de projetos. A análise do ambiente interno é que determina suas forças e fraquezas. E a análise do ambiente externo é que possibilita a definição de oportunidades e ameaças. O SWOT (FOFA) é uma peça importante no atingimento de metas e missão.

[A metodologia é creditada a Albert Humphrey, que foi líder de pesquisa na Universidade de Stanford nas décadas de 1960 e 1970, usando dados da revista Fortune das 500 maiores corporações. Alguns também creditam ao Ken Andrews, Professor da Universidade de Harvard.

Vamos a uma explicação e exemplos de cada um dos pilares do SWOT (FOFA)

As Fortalezas (Strengths) são as capacidades e recursos que permitem que a empresa gere valor e quem sabe, vantagens competitivas. Exemplos de Fortalezas podem ser:

  • a habilidade de criar produtos únicos. Um setor onde isto é muito comum é no setor farmacêutico. Todos lembram do lançamento do Viagra e o impacto que teve no valor de mercado da Pfizer.
  • ter um atendimento de alta qualidade ou uma presença em múltiplos mercados no varejo. Num mercado altamente competitivo como o e-commerce, onde o que mais importa para um cliente é que seu produto seja entregue no prazo e com qualidade, a capacidade da empresa dar retorno ao cliente e atender bem, quando algo sai fora do planejado, é crucial. Pode ser básico, mas vejam a quantidade de empresas que tem reclamações no SAC.
  • cultura organizacional, mão de obra e treinamento, qualidade dos administradores. O mercado financeiro é um setor intensivo em mão de obra. O banco que conseguir manter um clima organizacional forte, onde a preocupação de cada funcionário é com o cliente, onde existe um trabalho constante em treinar as equipes e os executivos são altamente capacitados, este se diferenciará.
  • localização. Para um restaurante, algo simples como localização é crucial.

As Fraquezas (Weaknesses) são justamente a falta de recursos ou capacidades que impactam sua geração de riquezas ou de ter uma vantagem competitiva. Alguns exemplos são:

  • produtos commodity, sem diferenciação. Saber que seu produto não tem diferenciação, é o primeiro passo para achar formas de ganhar dinheiro. Produtos agrícolas são commodities e desta forma, o preço é dado pelo mercado. O foco passa a ser numa estrutura de custos mais enxuta possível. Usar a tecnologia a favor, pensar no melhor aproveitamento de terra, como prevenir pragas etc.
  • estruturas grandes e burocráticas, limitando a empresa de lidar com empresas menores e mais dinâmicas. O e-commerce, mais uma vez, é um bom exemplo. É um mercado de dinâmico e de margens baixas. Estruturas muito grandes geram um custo fixo elevado e limitam o dinamismo.
  • custos de mão de obra altos, nas fortalezas, falamos da necessidade dos bancos de terem mão de obra altamente qualificada. Como conciliar isso com o custo desta mão de obra? Uma forma de atacar essa fraqueza é através de tecnologia, foco em produtividade e um esquema de remuneração atrelado a resultados.
  • matéria prima ou recursos de produção escassos etc. A indústria de alumínio utiliza muita energia elétrica. Isto não é apenas um problema do ponto de vista de custo, mas também de disponibilidade. Muitas indústrias acabam procurando soluções para serem autossuficientes em energia.

Notem que as empresas têm controle sobre essas fraquezas e pode tentar mudar isso de alguma forma.

O ambiente externo engloba fatores sobre os quais a empresa não tem controle, como o clima, taxa de juros, mudanças de legislação, câmbio, desastres naturais, políticas ambientais, guerras, embargos econômicos, crises econômicas, eleições etc.

Oportunidades (Opportunities) permitem que a empresa melhore sua performance e crie vantagens competitivas. Algumas oportunidades podem ser antecipadas e outras aparecem de repente. Alguns exemplos:

  • taxa de juros baixos cria oportunidades para um aumento de venda de carros e imóveis
  • cambio alto, cria oportunidades para exportadores
  • a pandemia do coronavírus criou oportunidades para o ecommerce.

As Ameaças podem ser um indivíduo, grupo ou organização fora da companhia. A empresa não tem controle sobre as ameaças, mas tem controle sobre como reagir. Alguns exemplos são:

  • legislação: Uber enfrentou várias ameaças de legislação em vários países. Poderia ter desistido, mas decidiu enfrentar a ameaça e se defender juridicamente
  • clima: Pode impactar fortemente o setor agrícola. Como se prevenir? Em muitos países, já se vê um foco na produção de produtos que combinam mais com o clima daquela região. No Brasil, o clima é justamente uma vantagem competitiva para muitos cultivos de grande escala.
  • a pandemia é uma grande ameaça para o setor de restaurantes. Num primeiro momento, vários não souberam lidar e fecharam as portas, mas aqueles que encaram a ameaça, fazendo entrega a domicílio, podem sair da pandemia mais fortalecidos.

Quando fazemos a análise SWOT, fica claro onde a empresa precisa focar internamente e como ela pode se tornar flexível para aproveitar as oportunidades que possam surgir ou superar as ameaças que naturalmente aparecem.

O mundo está cada vez mais dinâmico. As mudanças acontecem numa velocidade assustadora e é por isso que temos que reservar um tempo para um trabalho de planejamento estratégico.

Lembro de um exercício que foi feito num curso de pós graduação, onde pedir para trocar o pneu de um carro de fórmula 1. É o famoso “pit stop”. Sem planejamento, as pessoas demoram 20-30 minutos. Assim que param para planejar, entendendo a capacidade técnica de cada membro da equipe, a ordem correta de cada atividade, a localização apropriada para cada peça, este tempo baixa para 15 segundos. Impressionante, não é?

Invista num bom planejamento, verá a diferença que isso faz!!

Enviar mensagem
Precisa de ajuda?